11 de dez de 2015

Photoshoot - Guilherme Laundy



Olá pessoal, esta postagem de photoshoot vai ser um pouco diferente porque além de postar as fotos, vai ter texto também!

Enquanto eu, Guilherme (modelx da foto) e a irmã delx andávamos pela rua até chegar ao nosso destino para fotografar, observei olhares curiosos e até de desdém para o nosso lado. Isso me intriga porque sofremos preconceito pela roupa, cor, orientação sexual, identidade gênero e outros milhares de coisas. Isso faz um turbilhão de pensamentos e maneiras de como agir perante a essa sociedade, até porque o que eles querem é que andemos na linha, na linha cuja eles julgam ser certo/errado, mas nós temos escolha em seguir ou não? Acho que não é escolha e sim ser corajoso de arriscar a sair dessa linha, por que coragem? Não são todos que tem a capacidade de ouvir um julgamento totalmente preconceituoso e continuar de cabeça erguida, ou a pessoa realmente não se abala ou finge que não se abala.

O que tem de errado é essa escolha que nos botam para que vocês convivam bem com a gente, porque nós somos diferentes, somos o que você julga errado. Mas por que errado? Eu sou errado em querer me vestir como quero? Sou errado em beijar meu coleguinha que tem o mesmo gênero/orientação que o meu/minha? Mas o que é o "errado"?

Uma mulher, acho que vendedora, nos elogiou enquanto passávamos pela rua, mas mais pra frente mais pessoas nos olhavam, conseguia decifrar alguns olhares mas tentava não ligar. Guilherme já lida com isso faz tempo e não se importa com isso, até porque se você tem um problema comigo, não é meu problema, é seu problema!

Quando terminamos as fotos e descíamos a rua para voltar pra casa, conversei com elx sobre gênero, machismo, homofobia, transfobia, racismo e mais alguns assuntos que envolvam os opressores da sociedade. Conversamos sobre a comunidade lgbt ser tão dividida e até preconceituosa entre os seus membros, o intuito era acolher quem é oprimido da mesma forma mas fica um jogo entre ser certinho fora da comunidade e dentro da comunidade. O padrão é o branco, macho, loiro dos olhos claros e magro/forte, você não se encaixa? Nossa, tá ferrado hein... Do que adianta lutar pela causa que pensam que é só dos gays? lGbt é o que é... Gays, parem de fazer o papel do opressor e juntem se para lutar pela causa e ser LGBT!

Tem milhares de outros assuntos para falar, mas se quiserem, eu posso fazer um vídeo para o canal explicando, mas preciso que comentem!



















4 comentários:

Postagens Relacionadas

Postagens Relacionadas Plugin for WordPress, Blogger...