29 de mai de 2015

Resenha: Poltergeist - O Fenômeno


Olá pessoal, assisti o filme no dia 27/05, eu queria na estreia mas estaria horrível pra poder assistir, então preferi ir com as minhas amigas nesse dia.

Eu ainda não assisti o original, mas a maioria disse que o original é melhor e blá blá blá. Eu gostei do filme, ri em algumas partes por conta do humor do pai das crianças, levei alguns sustos e claro que pretendo assistir o original. O filme é bastante legal e pelo final do filme acho que terá continuação.

O filme é dirigido por Gil Kenan e tem duração de 94 minutos, não demora muito para os acontecimentos e nem pra tentar resolver, o que é bom... Pois prende você até o final e a cada cena espera com ansiedade o que vai acontecer. Você também vai se encantar com a fofura do Griffin e da Mad.

A família Bowen se muda para uma nova casa por conta das despesas que não conseguiam pagar, ao chegarem na casa conseguem se adaptar bem, sendo bonita e aconchegante mas tendo um lado sombrio que não mostra até a primeira noite.

A filha caçula, Madison Bowen, começa a ter um comportamento estranho relacionado a casa, conversando com o armário, com o nada que para os outros eram apenas amigos imaginários. Mas seu irmão, Griffin Bowen, nota algo de estranho e repara que não são só amigos imaginários. Quando os pais vão para um jantar, deixam sua filha mais velha como babá, Kendra Bowen, mas Amy e Eric Bowen não imaginariam que eles estariam em perigo, no jantar eles acabam descobrindo que o bairro onde moram já foi um cemitério mas que os corpos tinham sido levados a um bairro "melhor".
Já na casa, Kendra começa a notar algo estranho quando seu celular e os aparelhos eletrônicos ficam com interferência. Griffin tenta enfrentar seu medo mas não consegue e a irmã mais nova acaba sendo sequestrada pelas entidades, isso não é spoiler porque está implícito nos trailers que ela é sequestrada e blá blá blá. Os pais tentam de tudo pra ela voltar e mais acontecimentos estranhos e perigosos acontecem.

                                      

Nenhum comentário:

Postar um comentário