15 de mar de 2015

Resenha: K-11


Ele se passa em um dormitório onde só tem homossexuais da prisão classificada como K-11, onde Saxx é preso ainda drogado, ele não sabe o que está acontecendo
e o porquê de estar naquele lugar. Ele faz uma amizade muito forte com uma das transgênera chamada Butterfly/Borboleta, nesse dormitório tem uma rainha que manda por lá e tem suas próprias regras, com os perigos que podem acontecer se sair da linha ele tem saber conviver e desde o primeiro dia no dormitório acontecimentos marcantes ficam registrados pelo filme. Saxx tenta conduzir a vida na cadeia e fora dela que também está conturbada por ser acusado por matar um cara enquanto estava drogado, ele tem que saber lidar com tudo que está acontecendo para conseguir arrumar toda a bagunça.

Personagens de diferentes personalidades que deixarão você triste e com ódio, acontecimentos marcantes que ficarão guardados na memória, personagens que você irá se apegar de uma certa forma e isso você encontrará assistindo.

Eu recomendo esse filme para assistirem porque já assisti mais de 3 vezes, e não canso porque ele é um ótimo filme e sempre tenho as mesmas emoções assistindo cada pedacinho. Tenho um pouco de certeza que você irá gostar.

*Eu ri da parte em que o guarda fala para os novatos não se atrapalharem por causa das mulheres, porque não tem mulheres ali. Nisso um deles fecha a cara e o outro com medo pega o cacetete*

**Acho que vocês vão achar a Butterfly fofinha e a Rainha do dormitório poderosa**

***O filme foi escrito e produzido pela Jules Stewart, mãe da Bela de Crepúsculo. Um dos seus filhos está no filme, Cameron Stewart, ele é um dos prisioneiros.***
Você o encontra no Netflix e em outros sites de filmes online.


Não esqueçam de comentar, compartilhar com os amigos e mandar sugestões. Comente algum filme que você gosta ou série :) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens Relacionadas

Postagens Relacionadas Plugin for WordPress, Blogger...